Pesquisa personalizada

Gatos e Comprimidos

Posted: terça-feira, 7 de julho de 2009
COMO FAZER UM GATO ENGOLIR UM COMPRIMIDO

Pegue o gato e o coloque em seu braço esquerdo, como se estivesse segurando um bebê. Posicione o dedo indicador e o polegar em cada canto da boca do gato. Pressione levemente para que ele abra a boca. Tão logo isto aconteça, coloque o comprimido em sua boca. Permita que o gato feche a boca e engula a pílula.

CASO ISSO NÃO DÊ CERTO...

Pegue a pílula no chão e o gato de trás do sofa.
Encaixe-o no seu braço esquerdo e repita o processo.

CASO ISSO NÃO DÊ CERTO...

Apanhe o gato no quarto e jogue fora o comprimido encharcado.

Pegue um novo comprimido, coloque o gato em seu braço esquerdo e segure as suas patas traseiras com a sua mão esquerda. Force-o a abrir a boca e empurre o comprimido para o fundo de sua boca com o indicador. Feche sua boca imediatamente e conte até 10 antes de
soltá-lo.

CASO ISSO NÃO DÊ CERTO...

Apanhe o comprimido de dentro do aquário e o gato de cima do guarda-roupa. Peça ajuda a
alguém (marido, esposa, namorada(o), amigos, vizinhos).

Ajoelhe-se no chão com o gato preso firmemente entre seus joelhos, segurando suas quatro patas. Ignore os grunhidos emitidos pelo gato. Peça ao seu ajudante que segure com força a cabeça dele enquanto você abre a boca. Coloque uma espátula de madeira o mais fundo que puder. Deixe o comprimido escorregar pela espátula e esfregue a garganta do gato vigorosamente.

CASO ISSO NÃO DÊ CERTO...

Apanhe o gato que está grudado no trilho da cortina e pegue outro comprimido. Lembre-se de comprar uma nova espátula e remendar a cortina.

Cuidadosamente enrole o gato numa toalha de modo que apenas sua cabeça fique de fora. Peça para seu ajudante mantê-lo assim. Dissolva o comprimido em um pouco de água, abra a boca do gato com o auxílio de um lápis e despeje o líquido em sua boca.

CASO ISSO NÃO DÊ CERTO...

Leia na bula do remédio e veja se ele é nocivo para humanos. Beba um pouco de água para acalmar-se. Faça um curativo no braço do seu ajudante e limpe o sangue do tapete com água morna e sabão.

Busque o gato no vizinho. Pegue um novo comprimido. Bote o gato dentro do armário da cozinha e feche a porta, mantendo a sua cabeça para o lado de fora. Abra a boca com o auxílio de uma colher de sobremesa. Jogue o comprimido para dentro da boca do bichano com o auxílio de um estilingue.

CASO ISSO NÃO DÊ CERTO...

Vá até a garagem e apanhe uma chave de fenda para colocar a porta do armário no lugar. Coloque uma compressa fria nos arranhões do seu rosto e cheque quando tomou pela última vez a vacina antitetânica. Jogue a camiseta fora e apanhe outra em seu quarto.
Chame o corpo de bombeiros para apanhar o gato do alto da árvore do outro lado da rua. Peça desculpas ao vizinho que se machucou tentando desviar-se do gato. Pegue o último comprimido do frasco.

Amarre as patas dianteiras nas traseiras com uma corda de varal e prenda o gato no pé da mesa de jantar. Coloque luvas de jardinagem. Abra a boca do gato com uma pequena chave inglesa. Coloque o comprimido seguido de um pedaço de filé mignon. Segure a cabeça dele na vertical e derrame meio copo de água para ajudá-lo a engolir o comprimido.

CASO ISSO NÃO DÊ CERTO...

Peça ao seu ajudante para levá-la ao pronto socorro mais próximo. Sente-se tranqüilamente enquanto o médico costura seus dedos e braços e remove partes do comprimido que ficaram encravadas no seu olho. Pare na primeira loja de móveis no caminho de casa e encomende uma nova mesa de jantar.

0 comentários:

________________________________

So far or so it seems
All is lost with nothing fulfilled
Off the pages and the T.V. screen
Another world where nothing's true
Tripping through the life fantastic
Lose a step and never get up
Left alone with a cold blank stare
I feel like giving up
I was blinded by a paradise
Utopia high in the sky
A dream that only drowned me
Deep in sorrow, wondering why

Oh come let us adore him
Abuse and then ignore him
No matter what, don't let him be
Let's feed upon his misery
Then string him up for all the world to see

I'm sick of all you hypocrites
Holding me at bay
And I don't need your sympathy
To get me through the day
Seasons change and so can I
Hold on Boy, no time to cry
Untie these strings, I'm climbing down
I won't let them push me away

Oh come let us adore him
Abuse and then ignore him
No matter what, don't let him be
Let's feed upon his misery
Now it's time for them to deal with me



Pesquisa personalizada