Pesquisa personalizada

Mais Dicas Para Matar Trabalho.

Posted: quarta-feira, 12 de agosto de 2009
1 | ESCULTURA NA BORRACHA
Todo mundo hoje só usa computador, mas sempre tem uma borracha novinha dando sopa em alguma mesa. Peça emprestado o estilete da secretária e deixe fluir o Aleijadinho dentro de você.

2 | CORRENTE DE CLIPES
Enganchar um clipe no outro é praticamente uma atividade milenar. Muito relaxante, pode ser até funcional. Faça com eles um colar para você prender seu crachá no pescoço e nunca mais perdê-lo. Ou então guarde para usar numa micareta sem nível!

3 | FUTEBOL DE CANETA
Desenhe um gol no alto de uma folha. Lá embaixo, deixe a caneta em pé, com a ponta do papel. Com o dedo em cima da caneta, empurre-a para baixo e repita o "chute" de onde risco parou, até marcar gol.

4 | BATALHA NAVAL NO EXCEL
Você precisa de outro entediado. Cada um abre uma planilha de Excel e pinta nas casinhas a frota de Batalha Naval, do submarino (uma casa) ao encouraçado (seis casas). Aí jogue pelo Messenger.

5 | DUREX NO TELEFONE
Esta vai acabar com o seu tédio e de seus colegas, exceto um. Quando o cara sair da sala, você passa um monte de fita adesiva em volta do seu telefone. Quando ele retornar, ligue para o ramal dele.

0 comentários:

________________________________

So far or so it seems
All is lost with nothing fulfilled
Off the pages and the T.V. screen
Another world where nothing's true
Tripping through the life fantastic
Lose a step and never get up
Left alone with a cold blank stare
I feel like giving up
I was blinded by a paradise
Utopia high in the sky
A dream that only drowned me
Deep in sorrow, wondering why

Oh come let us adore him
Abuse and then ignore him
No matter what, don't let him be
Let's feed upon his misery
Then string him up for all the world to see

I'm sick of all you hypocrites
Holding me at bay
And I don't need your sympathy
To get me through the day
Seasons change and so can I
Hold on Boy, no time to cry
Untie these strings, I'm climbing down
I won't let them push me away

Oh come let us adore him
Abuse and then ignore him
No matter what, don't let him be
Let's feed upon his misery
Now it's time for them to deal with me



Pesquisa personalizada