Pesquisa personalizada

Índio Virando Chefe

Posted: quarta-feira, 2 de setembro de 2009
Um índio entra com toda calma no saloon, com uma escopeta numa mão e um balde cheio de bosta na outra.
- Cavalo Galopante querer café! O garçom lhe serve uma xícara de café, que ele esvazia num gole só. A seguir o índio joga o balde de bosta para cima, dá-lhe um tiro certeiro, espalhando merda pra todo lado, e vai embora. Na manhã seguinte ele retorna ao saloon, pede outro café e pergunta porque ainda não limparam tudo. O dono do bar corre imediatamente para o balcão e diz:
- Como é que é??? De jeito nenhum!!! A gente ainda nem conseguiu terminar de limpar a sua estripulia de ontem e você ainda tem a audácia de voltar aqui, sem nem ao menos dar uma explicação? Então o índio explica:
- Mim fazer curso para chefe... Querer virar executivo. E ontem fiz trabalho prático:
1 - mim chegar de manhã
2 - tomar café,
3 - espalhar merda
4 - desaparecer resto do dia.
5 - Hoje cobrar resultado.

0 comentários:

________________________________

So far or so it seems
All is lost with nothing fulfilled
Off the pages and the T.V. screen
Another world where nothing's true
Tripping through the life fantastic
Lose a step and never get up
Left alone with a cold blank stare
I feel like giving up
I was blinded by a paradise
Utopia high in the sky
A dream that only drowned me
Deep in sorrow, wondering why

Oh come let us adore him
Abuse and then ignore him
No matter what, don't let him be
Let's feed upon his misery
Then string him up for all the world to see

I'm sick of all you hypocrites
Holding me at bay
And I don't need your sympathy
To get me through the day
Seasons change and so can I
Hold on Boy, no time to cry
Untie these strings, I'm climbing down
I won't let them push me away

Oh come let us adore him
Abuse and then ignore him
No matter what, don't let him be
Let's feed upon his misery
Now it's time for them to deal with me



Pesquisa personalizada