Pesquisa personalizada

Amor Eterno

Posted: domingo, 4 de outubro de 2009
Um rapaz entra em um bar e vê apenas um senhor já de idadeno balcão e uma senhora bem velhinha na cozinha; meio quesem jeito pede um cafezinho:
- Com licença o senhor poderia me servir um café?
- Com toda certeza, meu jovem.
O senhor enquanto se vira em direção à senhora e diz:
- Amor da minha vida traz um café para o rapaz!
- Sem querer abusar o senhor pode me trazer umas rosquinhas?
- Prontamente!
O senhor novamente se vira em direção a senhora e replica:
- Razão da minha existência, traz umas rosquinhas para o jovem.
O rapaz se sente a vontade e pede também um pedaço de bolo.
- Meu docinho de coco, traz um pedaço de bolo para o jovem.
O rapaz não se aguenta de curiosidade e pergunta:
- O senhor é casado com esta senhora?
- Sim há 50 anos!
- Caramba! 50 anos! E o senhor continua com todo esse amore carinho com a sua senhora, "meu amor", "meu docinho de coco"!
- Amor nada, rapaz ...
é que faz 10 anos que eu esqueci o nome dela!

0 comentários:

________________________________

So far or so it seems
All is lost with nothing fulfilled
Off the pages and the T.V. screen
Another world where nothing's true
Tripping through the life fantastic
Lose a step and never get up
Left alone with a cold blank stare
I feel like giving up
I was blinded by a paradise
Utopia high in the sky
A dream that only drowned me
Deep in sorrow, wondering why

Oh come let us adore him
Abuse and then ignore him
No matter what, don't let him be
Let's feed upon his misery
Then string him up for all the world to see

I'm sick of all you hypocrites
Holding me at bay
And I don't need your sympathy
To get me through the day
Seasons change and so can I
Hold on Boy, no time to cry
Untie these strings, I'm climbing down
I won't let them push me away

Oh come let us adore him
Abuse and then ignore him
No matter what, don't let him be
Let's feed upon his misery
Now it's time for them to deal with me



Pesquisa personalizada