Pesquisa personalizada

O Padre e o Secador

Posted: domingo, 6 de dezembro de 2009
O PADRE E O SECADOR DE CABELOS

Uma Senhora muito distinta estava em um avião vindo da Suíça.

Vendo que estava sentada ao lado de um padre simpático, perguntou:

– Desculpe-me, padre, posso lhe pedir um favor?

– Claro, minha filha, o que posso fazer por você?

– É que eu comprei um novo secador de cabelo sofisticado, muito caro. Eu realmente ultrapassei os limites da declaração e estou preocupada com a Alfândega. Será que o Senhor poderia levá-lo debaixo de sua batina?

– Claro que posso minha filha, mas você deve saber que eu não posso mentir!

– O Senhor tem um rosto tão honesto, padre, que estou certa que eles não lhe farão nenhuma pergunta.

E lhe deu o secador.

O avião chegou a seu destino.

Quando o padre se apresentou à Alfândega, lhe perguntaram:

– Padre, o senhor tem algo a declarar?

O padre prontamente respondeu:

– Do alto da minha cabeça até a faixa na minha cintura, não tenho nada a declarar, meu filho.

Achando a resposta estranha, o fiscal da Alfândega perguntou:

– E da cintura para baixo, o que o senhor tem?

– Eu tenho um equipamento maravilhoso, destinado ao uso doméstico, em especial para as mulheres, mas que nunca foi usado.

Caindo na risada, o fiscal exclamou:

– Pode passar padre! O próximo...!!!





Moral da história: A inteligência faz a diferença. Basta escolher as palavras certas.

0 comentários:

________________________________

So far or so it seems
All is lost with nothing fulfilled
Off the pages and the T.V. screen
Another world where nothing's true
Tripping through the life fantastic
Lose a step and never get up
Left alone with a cold blank stare
I feel like giving up
I was blinded by a paradise
Utopia high in the sky
A dream that only drowned me
Deep in sorrow, wondering why

Oh come let us adore him
Abuse and then ignore him
No matter what, don't let him be
Let's feed upon his misery
Then string him up for all the world to see

I'm sick of all you hypocrites
Holding me at bay
And I don't need your sympathy
To get me through the day
Seasons change and so can I
Hold on Boy, no time to cry
Untie these strings, I'm climbing down
I won't let them push me away

Oh come let us adore him
Abuse and then ignore him
No matter what, don't let him be
Let's feed upon his misery
Now it's time for them to deal with me



Pesquisa personalizada